top of page
Buscar
  • Foto do escritorElisa Florim

O que é Gestalt-Terapia?

A Gestalt-terapia é conhecida como a "terapia do contato", pois valoriza os sentimentos e as sensações do indivíduo no momento presente, aqui-e-agora e a sua relação com a vida, as pessoas e o mundo. É, portanto, uma abordagem que valoriza tanto o mundo interno do indivíduo quanto o seu aspecto contextual. Baseia-se no diálogo e no vínculo terapêutico que se forma entre o cliente e o terapeuta e tem como aspecto importante o olhar para o potencial de saúde do indivíduo, indo muito além de outras terapias que apenas focam na doença.


É comum um gestalt-terapeuta trabalhar não somente com a fala, mas também com outros recursos, tais como: desenhos, colagens, bonecos, massinha de modelar, etc., mesmo no trabalho com adultos, além de atuar como facilitador das expressões corporais e emocionais. Estes recursos auxiliam muito no que é o objetivo maior desta terapia: a ampliação da consciência (awareness), pois quando nos damos conta do que fazemos, como fazemos e o que sentimos e pensamos, aí está o tesouro do autoconhecimento e a retomada do nosso poder de ação sobre a nossa própria vida. Quando nossos sentimentos e sensações estão bloqueados ou encontram dificuldades na sua expressão, a doença se instala (física e emocionalmente) e a qualidade dos pensamentos também se altera.

O ambiente da psicoterapia é o lugar para cuidar do ser humano na sua inteireza, proporcionando acolhimento e escuta preparada para ouvir sem julgar, na intenção de cuidar e, assim, inspirá-lo para que ele se cure daquilo que busca tratar. O terapeuta é um acompanhante, um observador-cuidador, atuante e presente, que auxilia na jornada pessoal de quem o procura.

Ao longo da terapia são trabalhadas as questões emocionais para que se tenha mais saúde, tanto física quanto mental, e mais qualidade de vida.

Alguns temas que são frequentemente trabalhados em psicoterapia: questões interpessoais (relacionamento amoroso, relações familiares e de amizades), de autoestima, timidez, inseguranças, conflitos internos/externos, abuso, perdas e lutos, ansiedade, desconfortos físicos de origem emocional, dificuldades em fazer escolhas, traumas, medos, tristeza (podendo ser depressão ou não), situações inacabadas na vida, angústias, entre outros.

A psicoterapia é um espaço onde o tratamento vai além da doença e do alívio do sofrimento: ela é uma importante ferramenta que te leva ao crescimento pessoal e ao reconhecimento e desenvolvimento das suas potencialidades e recursos internos. Cuide de você: faça terapia.

32 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page